Skip to content
DJI_0637

ALBUFEIRA DE CASTELO DO BODE . PORTUGAL

_85A1686

ALBUFEIRA DE CASTELO DO BODE . PORTUGAL

_85A1673

ALBUFEIRA DE CASTELO DO BODE . PORTUGAL

_85A0734

ALBUFEIRA DE CASTELO DO BODE . PORTUGAL

_85A0345

ALBUFEIRA DE CASTELO DO BODE . PORTUGAL

O projeto Aldeias do Zêzere começa a tornar-se realidade e o sonho vai-se materializando em diversas casas de campo que acompanham a linha do rio Zêzere.
Um roteiro à beira-rio constituído por habitações com características rústicas de aldeia, totalmente recuperadas ou construídas seguindo outras linhas, as da arquitetura local.

O pátio é o ponto central da casa, um espaço privilegiado para a partilha de diversão e sorrisos entre quem o frequenta.
Assim surgiu a inspiração para cada unidade de alojamento, onde os bons momentos entre amigos, namorados e família se tornam inesquecíveis.

O rio Zêzere nasce na Serra da Estrela a 1900m de altitude, no Covão da Ametade, junto ao Cântaro Magro e percorre o seu leito por Manteigas e Covilhã, seguindo a sudoeste até desaguar no rio Tejo, em Constância.

Os seus 240km de curso tornam-no o segundo maior rio português e são enriquecidos por 370km de percursos que estimulam a energia de caminhantes, canoístas e ciclistas. Outro tipo de energia, a hidroelétrica, é gerada pela paisagem variada e a sucessão de desníveis e produzida nas barragens de Bouçã, Cabril e Castelo de Bode.

Por tudo isto e muito mais, o rio Zêzere é ponto central e de partida do projeto que procura não só potenciar as suas valências turísticas, como partilhar a sua beleza natural, rica biodiversidade e magníficas paisagens com os visitantes.

Viva as Aldeias do Zêzere e acompanhe 370km de paisagens, beleza natural e rica biodiversidade no Instagram.