Skip to content

A nossa história podia ter início nas origens do rio Zêzere, que inspirou este projeto. Não no local onde nasce, mas nos factos e estórias que percorreram o tempo para contar como tudo começou e, a certa altura, se cruzaram com o sonho de darmos a conhecer a beleza e unicidade das suas aldeias.

Um rio com aldeias, aldeias com casas, casas com pátios e pátios com vida. No fundo, queremos dar vida ao próprio Zêzere, como forma de agradecimento ao segundo maior rio de Portugal, preservando a Natureza e perpetuando as Memórias.

 

 

O significado do seu nome permanece incerto. Será “Zêzere” oriundo da designação árabe “Odizezar”, que significa rio das cigarras? Ou está ligado ao Azereiro, que crescia em abundância junto ao seu percurso?

Não sabemos qual o correto, mas conhecemos os sítios onde este bem natural de riqueza fluída e as pessoas têm mantido um convívio pacífico. Também cada unidade de alojamento destaca a importância do pátio como espaço privilegiado de partilha, associado ao local onde foi construído.

Preservamos a identidade cultural dos pontos de passagem do rio que são, igualmente, locais de paragem para aqueles que exploram os 370km de percursos a pé, de canoa ou de bicicleta. Assim como nas barragens de Bouçã, Cabril e Castelo de Bode, onde contribui para a produção de energia hidroelétrica.

Razões incontáveis que justificam visitar a região e regressar sempre que possível com a certeza do (re)encontro nas nossas unidades de alojamento. Experiências renovadas, mas sempre únicas que permitem pernoitar e relaxar em espaços decorados com mobiliário reciclado, peças de arte e artesanato feitos por artistas e artesãos locais.

 

A animação varia de habitação para habitação, garantindo propostas variadas e gratuitas para todos os hóspedes das Aldeias do Zêzere. As nossas aldeias, que queremos que também sejam as suas. Venha conhecê-las.Até lá, comece por conhecer melhor este projeto:

O sonho

Com as Aldeias do Zêzere pretendemos criar uma rede de alojamento e atividades, de forma economicamente sustentável e com infraestruturas ecologicamente pensadas. Assumimos o compromisso de respeitar sempre o meio e o espaço onde estarão inseridas, favorecendo o bem-estare a troca de experiências positivas entre os habitantes locais e os hospedes.

Que em cada pátio se sinta…

Paz, mantendo o equilíbrio entre o bem-estar do homem e do meio envolvente.

Natureza, contribuindo para a consciência ambiental e a sustentabilidade ecológica.

Família, preservando o carinho que atravessa gerações e se fortalece com memórias.

Sabedoria, passando aos mais novos a cultura e tradições dos nossos avós.

Essência, partilhando a nossa terra e as nossas gentes, que se cultiva e nos cativam.

Pureza do rio, do orvalho e da água, sentindo os cenários de sonho realizado.

Serenidade, regressando ao tempo em que havia tempo para tudo.

Vida, lembrando o que torna todos os seres iguais desde as origens