BOAS NOVAS: Vamos des-confinar!

Para quando o Desconfinamento?!

Já passou um ano desde o primeiro confinamento, e o cansaço impera: basta ouvirmos as palavras ‘confinamento’ ou ‘Covid 19’ para o mau humor escalar! Para quando o desconfinamento?!

E finalmente parece que existe luz no fundo do túnel: brevemente voltaremos a saborear o gosto da tão desejada e doce liberdade! Mas, com calma!

Não consigo esconder o sentimento de felicidade que me invade: de esperança do regresso aos dias em que a normalidade nos entediava.

 

Estes longos meses de confinamento tiveram um grande impacto nas nossas vidas: principalmente na forma como nos observamos a nós mesmos e nos relacionamos com a nossa família e amigos! O isolamento resultou em transformações sociais e todos tivemos tempo para nos questionarmos o sobre a nossa vida e o que realmente nos importa!

Na primeira fase do confinamento, quando fomos obrigados a parar, nem sabíamos muito bem o que estávamos a enfrentar. Podemos hoje congratular-nos: todos nos portámos muito bem e passamos com distinção esta fase difícil da estória das nossas vidas e da História Mundial. Infelizmente teremos para sempre a lamentar muitas perdas de vidas humanas.

Em contrapartida fomos forçados a desacelerar a vida frenética em que vivíamos e as mudanças no nosso Planeta surgiram e foram quase imediatas.

Um lembrete de que o Planeta Azul não pertence ao Homo Sapiens e precisamos de tornar os espaços ocupados pelo homem, principalmente nas cidades, em habitats nos quais seja possível haver a coexistência pacífica entre as pessoas e a natureza – sejam animais ou plantas. Felizmente, estão a surgir muitos projetos muito interessantes ligados a esta consciência ambiental e qualidade de vida: desde a reflorestação das cidades, à produção de quintas de insetos, entre outros e que certamente irão melhor a qualidade de vida dos habitats e habitantes.

 

As mudanças foram muitas: o modo como nos relacionamos com as pessoas que amamos também foi posto à prova. Dividirmos o mesmo espaço durante 24 horas diárias foi sem dúvida difícil, em especial para quem está habituado a uma rotina de trabalho fora de casa e à liberdade para ir onde tem vontade. Privar-se dessa liberdade tem sido uma luta titânica e que despoleta toda um role de emoções: Camões certamente encontraria tema para escrever mais um volume da epopeia dos feitos gloriosos dos Portugueses nos tempos de confinamento de 2020/ 21 devido à epidemia do Sars-Covid 19! 

Tranquilize-se! Depois de tantas mudanças, transformações, frustrações, adaptações e cansados de estar fechados em casa, sem liberdade de ir e vir – já deu para perceber o quanto teremos de cumprir algumas regras, daqui para frente! Confinamento!? Ninguém quer nem ouvir falar! Ficam os ensinamentos:

Precisamos respeitar a natureza e de coexistir pacificamente com os animais e plantas.


A nossa família e amigos são realmente o que importante na vida.

.E agora que rumamos ao bem-aventurado desconfinamento, muitos foram os temas abordados na comunicação social, em sequência das medidas tomadas em surgimento do SARS-Covid 19: as questões ambientais, o ensino à distância que vinca as assimetrias sociais, as dificuldades das famílias em enfrentar o desemprego, os milhares de pessoas que perderam os seus rendimentos, a solidão que enfrentam os nossos idosos (ainda mais quando se vêm privados do apoio da família), as dificuldades de gerir o teletrabalho e a vida familiar… contudo, pouco se têm debatido algumas questões fundamentais:  

 

Como está a nossa saúde mental, depois de ultrapassarmos esta situação pandémica?

Como retomamos a nossa rotina e a nossa vida afetiva e social, com quem nos rodeia, sem nos deixarmos dominar por aquilo que vivemos?

Como está o nosso equilíbrio emocional?

Com essa preocupação e sensível ao Bem-Estar Físico e Mental das pessoas, o Projeto Aldeias do Zêzere irá promover, durante o mês de junho, um Retiro de Ioga cujo o tema será o Eu- Rumo à Mudança. Este retiro decorrerá durante 2 dias, e integrará Workshops onde será abordado o ‘EU’: como cuidar-me, amar-me, fazendo-me feliz para dar amor aos outros e transformar o que me rodeia.

O objetivo é promover mudanças nos nossos hábitos e rotinas, que nos suscite prazer e bem-estar na nossa própria companhia; ensinar, promover técnicas de ioga/ meditação para gerir situações de ansiedade e stress; promover um convívio onde várias pessoas pensam da mesma forma e procuram que a mudança da sua visão do mundo parta de dentro de si e que não esteja dependente de mais nada.

Aceitar a mudança que vivi, como uma dádiva para progredir, ser uma versão melhor de mim mesmo/ a, e como consequência viver em paz e harmonia com o que me rodeia.

Esteja atento/ a às nossas Redes Sociais: Brevemente publicaremos as datas assim como o Programa do Retiro! E não se esqueça: visite e conheça os nossos alojamentos: Pátio dos Caseiros e Pátio do Vale da Ladeira!

 

Marque em: www.aldeiasdozezere.com

ou telemóvel 962283788

reservas@aldeiasdozezere.com

 

Namaste! 

Recommended Posts

Ainda sem comentários, escreva o seu!


Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *